Norah Jones é uma das principais atrações do Grammy

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2003 as 22:48, por: cdb

A festa do Grammy, neste domingo em Nova York, vai colocar o nome da cantora e pianista Norah Jones, 23, que estreou no ano passado com o CD “Come Away with me”, entre os mais badalados do mundo. Ela chegou a liderar a lista dos mais vendidos na América por várias semanas seguidas.

O álbum concorre nas principais categorias: álbum do ano, música do, single do ano, melhor intérprete pop feminina, revelação do ano e melhor álbum pop.

A história de Norah começa no final de 2002, quando cantava “standards” de jazz em pequenos clubes de Nova York e foi descoberta por Bruce Lundvall, o presidente do Blue Note, sexagenário selo de jazz.

“Eu tenho uma formação jazzística, mas ao idealizar este álbum decidi seguir uma direção diferente. Acho que ele está mais próximo da música country”, disse à Folha no ano passado.

Ela nasceu em Nova York, mas se mudou aos quatro anos com a mãe para Dallas, no Texas, onde viveu até 1999. Ainda no colégio, venceu prêmios estudantis de melhor compositora e vocalista de jazz.

A novata já chegou a ser comparada à diva do jazz Billie Holiday, que morreu em 1959, aos 44 anos.

No ano passado, um show no Brasil da nova sensação da América chegou a ser anunciado para novembro, mas foi adiado.

Ele disse que tem muita vontade de conhecer o país.

“Espero que possamos ir ainda no início do próximo ano [2003]. Minha mãe chegou a morar algum tempo no Brasil antes de eu nascer e tem vários discos de Elis Regina, Gal Costa e Tom Jobim. Acho Elis maravilhosa”, disse à Folha em agosto passado.

Jones já foi classificada pelo jornal “The Washington Post” como “a nova Cassandra Wilson” e encabeçou os “Dez Artistas que Vão Dar o que Falar” da revista “Rolling Stone”.

Atualmente, no ranking da “Billboard”, bíblia da indústria fonográfica americana, o CD de Norah Jones está em terceiro lugar, depois de liderá-lo por várias das 51 semanas desde o lançamento.

No Brasil, a música “Don’t Know Why”, que ela canta na festa do Grammy, foi incluída na trilha sonora da nova novela das oito, da TV Globo, “Mulheres Apaixonadas”.