Nobres vereadores

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de maio de 2003 as 09:59, por: cdb

A propósito de nota publicada nesta coluna, na edição dos dias 4 e 5 de maio, o diretor do Núcleo Carlito Maia do PT do Rio de Janeiro, Jorge Marcos Barros, enviou mensagem protestando contra a iniciativa, em curso na Câmara Municipal do Rio, de aumentar de 42 para 55 o número de vereadores e, assim, resgatar a triste fama de “Gaiola de Ouro” do Palácio Pedro Ernesto.

Aquele núcleo, segundo Barros, exigirá dos vereadores petistas que se manifestem a respeito do que considera “uma atitude lesiva ao contribuinte”. Segundo ele, o aumento de mais 13 vereadores e, no rastro, mais 760 assessores (20 para cada edil) “torna-se uma agressão, um deboche e um achincalhe à sofrida e mal tratada população carioca, que não merece essa estirpe de políticos e politicagem”.

Com todo o respeito à laboriosa classe política, a coluna registra este oportuno protesto para reflexão e análise dos nobres vereadores que, no próximo ano, estarão colocando seus nomes nas ruas visando à reeleição.

DESMASCARADO
A máscara de vestal do campeão de votos da Assembléia Legislativa do Estado, Carlos Minc (PT), acaba de cair de vez. Depois de comprovado que foi contemplado pela Coca-Cola com dinheiro para sua campanha e de retribuir abstendo-se de votar contra a empresa na CPI do Propinoduto, recebeu outra acusação com provas. O ex-governador Garotinho criticou-o por se ter aposentado como parlamentar com menos de 50 anos, embora no exercício do quinto mandato.

VÔO DA ALEGRIA
Com a conta espetada no bolso dos contribuintes, um grupo de vereadores e deputados do Rio prepara-se para desembarcar, “a serviço”, em Cuba. Não deve ser para aprender o exercício da democracia.

TOMOU DORIL
Michele, a famosa primeira-cadela da República, sumiu de Brasília.

INDIGESTO
Causou profundo mal-estar, entre os contribuintes, a sinecura que a prefeita de São Paulo, Martha Suplicy, arranjou para o novo marido.

HEAD HUNTER
A comunidade gay de Florianópolis procura um pastor evangélico para ministrar cultos “que não sejam preconceituosos e não fiquem exortando a troca da preferência sexual escolhida pelos homossexuais, lésbicas e travestis”. A informação é do transexual Katielly Lanzini, notabilizado durante a campanha eleitoral para deputado catarinense com o slogan “um homem de peito no legislativo”.

A PROPÓSITO
A indústria de audiência pública no Congresso continua de vento em popa. Hoje, a comunidade gay discute, na Comissão de Direitos Humanos, mecanismos de defesa dos homossexuais na sociedade.

É OFICIAL
O Ministério do Trabalho admite: o Brasil integra os 15 primeiros países com mais acidentes de trabalho, que matam diariamente nove trabalhadores e deixam 16,3 mil inválidos a cada ano. Em 2000, os acidentes causaram prejuízo de R$ 23,6 bilhões, cerca de 2,2% do PIB. Dinheiro suficiente para construir 1 milhão de casas populares, 100 mil escolas ou 10 mil hospitais.

DENÚNCIA VAZIA
O dono de um apartamento de Saint-Etienne (França), irritado com a falta de pagamento do aluguel e sem conseguir falar por telefone, foi cobrar a dívida e encontrou o esqueleto do inquilino sentado no sofá da sala.

De causas naturais, já havia falecido há um ano, aos 42 anos.

SÉQUITO
O ex-Beatle Paul McCartney chegará a Roma para dois shows, neste fim de semana, com a mulher, a ex-modelo Heather Mills, sete cozinheiros e 30 guarda-costas. O cantor britânico, que sábado fará show acústico no Coliseu para 300 mil pessoas, disse ao jornal italiano Corriere della Sera que sua energia vem de “uma boa dieta vegetariana e da minha nova mulher”.

BRAVO!
O vice-presidente do Senado, Paulo Paim (PT-RS), concorda com o funcionamento do Congresso em julho para apreciar as propostas do Governo para as reformas previdenciária e tributária.

– Quem tem férias em julho são as crianças nos colégios.

Inconfidências

>> Projeto do deputado Custódio Mattos (PSD-MG) propõe gratuidade nas escutas telefônicas para prova de investigação criminal.

>> O Centro de