No ano em que comemora 450 anos, SP vai sediar 1º Fórum Cultural Mundial

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 25 de abril de 2003 as 18:44, por: cdb

No próximo ano, quando comemora 450 anos, a cidade de São Paulo vai sediar o 1º Fórum Cultural Mundial. O ministro da Cultura, Gilberto Gil, e a prefeita Marta Suplicy participaram nesta sexta-feira, na capital paulista, de reunião preparatória do evento.

No período entre 26 de junho a 4 de julho de 2004, a cidade vai receber representantes de várias partes do mundo para discutir a cultura como ferramenta de promoção do desenvolvimento econômico, além de pesquisar, monitorar e avaliar a situação da arte e da cultura regional e mundial.

Para Gilberto Gil, o fórum será uma oportunidade de provocar, discutir, e colocar a cultura em evidência. Gil utilizou a frase “O povo sabe o que quer. O povo também quer o que não sabe”, para lembrar que a cultura deve ser acessível a todos.

O ministro disse também que mantém conversas com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o secretário de Comunicação do Governo e Gestão Estratégica (Secom), Luiz Gushiken, para discutir a aplicação de recursos na área cultural. Paralelamente, ele informou que o grupo do ministério que trabalha na revisão de leis de incentivos ficais deve apresentar uma nova posição sobre o assunto até o inicio do segundo semestre.

A cidade de São Paulo foi escolhida para sediar a primeira edição do Fórum Cultural Mundial no ano passado. O evento passará a ser realizado a cada três anos em países diferentes. No ano que vem, além do o Pavilhão de Exposições do Anhembi, centro do evento, na zona norte da capital paulista, outros espaços da cidade receberão conferências, exposições, mostras artísticas e workshops.

De acordo com a secretária Municipal da Cultura, serão mobilizados outros equipamentos da cidade, que conta com cerca de 20 centros culturais, 15 museus, 170 teatros, 30 casas de espetáculos, além de parques e áreas livres.