Nível de emprego na construção civil se mantém em queda em SP

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de dezembro de 2003 as 09:54, por: cdb

O nível do emprego da construção civil paulista se manteve em queda em setembro, com a eliminação de 1.488 vagas (-0,42%), de acordo com pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de São Paulo. É a quarta queda mensal seguida na força de trabalho do setor em São Paulo. No ano, foram cortados 3,7 mil postos de trabalho (-1,05%).

Em relação a setembro do ano passado, a diminuição foi de 2,68%, o equivalente a a 9,7 mil vagas a menos. Os dados são do SindusCon-SP e da GV Consult (da FGV), com base em pesquisa do Ministério do Trabalho.

Já o nível de emprego no País, no setor, aumentou pela quarta vez seguida em setembro. Foram abertas 7,9 mil vagas (0,66%). No entanto, em relação a setembro do ano passado, o setor acumula redução de 47,5 mil vagas (-3,81%). No País, a construção civil emprega 1,2 milhão de trabalhadores formais. Em setembro, o nível de emprego do setor na região metropolitana da Capital paulista caiu 0,73% (1.262 vagas a menos).

Também registraram queda significativa as Regiões Centro-Leste (área de Campinas), com diminuição de 1,49% (564 vagas a menos); Norte (Ribeirão Preto), com -1,11% ou 239 vagas a menos; e Oeste (Presidente Prudente), com -2,15% ou 171 vagas a menos. Naquele mês, a Região Noroeste (área de São José do Rio Preto) perdeu 71 postos de trabalho (-0,63%) e o litoral e Baixada Santista, 35 vagas (-0,22%).