Nelson Barbosa participa de debate na Câmara sobre orçamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de setembro de 2015 as 12:03, por: cdb

Por Redação, com Vermelho – de Brasília:

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, participa na próxima quinta-feira do debate Plano Plurianual, Orçamento 2016 e a Economia Brasileira, que ocorre no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. O convite foi feito por lideranças de 17 partidos da base aliada.

Nelson Barbosa
Em julho, Nelson Barbosa anunciou que o governo adotou um orçamento realista

Em reunião, em julho, na Liderança do PCdoB na Câmara, o ministro Nelson Barbosa anunciou que ‘o governo adotou um orçamento realista, que explicita as fontes de recursos e quais as possibilidades de melhorar o resultado do governo’.

Para o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), o déficit que tem no orçamento – que gerou polêmica no meio político e econômico – deve ser em função da opção que o governo fez de não cortar gastos fundamentais para o desenvolvimento do Brasil, investimentos em educação, garantindo o do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil); investimentos em infraestrutura, garantindo o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

O deputado Wadson Ribeiro (PCdoB-MG) afirma que ‘em um momento difícil como esse, temos que discutir seriamente o orçamento, vê onde dá para fazer ajuste, sem precarizar e prejudicar os trabalhadores, os mais pobres do país aquilo e o que já está em curso’, disse, acrescentando que é preciso fazer ajuste que torne o orçamento condizente com omomento de crise internacional.

Os dois parlamentares elogiaram a decisão do governo de ser transparente e mostrar claramente a situação fiscal do Brasil e o papel que cabe ao Congresso Nacional de colaborar para tornar melhor a proposta que chegou ao Congresso.

Na última semana, o governo federal encaminhou ao Congresso Nacional a proposta de Orçamento da União para o ano que vem e o Plano Plurianual (PPA) para o período 2016-2019. O documento, pela primeira vez, traz um retrato realista e gerou polêmica no Parlamento.

O debate com o ministro do Planejamento é promovido pelos líderes do PCdoB, PMDB, PT, PRB, PP, PR, PROS, PSD, PDT, PRP, PRTB, PSDC, PSL, PMN, PTC, PTdoB, PTN e pela liderança do governo na Câmara.