Natação: Flávia quebra recorde no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de abril de 2003 as 23:45, por: cdb

A mineira Flávia Delaroni, do Pinheiros-SP, foi o destaque do primeiro dia do Troféu Brasil de Natação ao superar o recorde sul-americano da prova de 50m nado livre, com o tempo de 25s87, nesta terça-feira à tarde, no Parque Aquático Júlio De Lamare. O primeiro dia de finais da competição, última chance dos atletas obterem índices para as disputas dos Jogos Pan-Americanos de São Domingo e do Mundial de Desportos Aquáticos de Barcelona, acontece nesta quarta-feira.

Flávia se mostrou surpresa com o tempo obtido e explicou não estar na “forma ideal”. No entanto, o novo recorde deu ânimo para o Pan-Americano. Por enquanto, ela é a única nadadora com o índice para a disputa de São Domingo. A marca anterior de 25s89, que perdurava desde 2000, também era dela. A motivação foi tanta que, nesta terça-feira, a atleta já fez planos para as Olimpíadas de 2004, em Atenas. “Espero fazer no Pan-Americano o índice (25s64) para os Jogos Olímpicos da Grécia”, disse Flávia. “E, fazendo este tempo, acho que já dá para garantir uma medalha em São Domingo.”

Masculino – Já Fernando Scherer, o Xuxa, fez o melhor tempo masculino das eliminatórias dos 50m, livre, 22s87. O nadador tem a primeira marca, 22s51, entre os oito pré-classificados para o Pan-Americano, mas ainda mantém o suspense sobre sua participação na competição. “Vou decidir ao final do Troféu Brasil. Para ir ao Mundial (em julho) só para fazer figuração, prefiro ir ao Pan-Americano (em agosto) e ter chance de ganhar uma medalha”, afirmou Xuxa. O nadador não ficou satisfeito com o tempo desta terça-feira e espera melhorá-lo nesta quarta-feira.

Além das finais dos 50m, livre, nesta quarta-feira também estão previstas as decisões dos 200m, peito, masculino e feminino, além dos 800m, livre, feminino e 1500m, livre, masculino.