Nasa libera imagens dos últimos minutos do Columbia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de fevereiro de 2003 as 20:26, por: cdb

Uma gravação digital em vídeo mostrando as atividades a bordo do ônibus espacial Columbia enquanto reentrava na atmosfera terrestre foi liberado nesta sexta-feira pela Nasa.

Parcialmente chamuscada, a fita de vídeo foi recuperada no início desta semana, nas proximidades da cidade Palestine, no estado norte-americano do Texas, durante as buscas por restos do ônibus espacial.

A gravação tem cerca de 13 minutos, mas é interrompida aos primeiros sinais de problemas na nave espacial, que se desintegrou ao reentrar na atmosfera da Terra.

O vídeo mostra os astronautas trabalhando e uma visão através de uma janela do Columbia, onde gases coloridos e superaquecidos, conhecidos como plasma, aparecem em volta do ônibus espacial à medida que se aproxima da atmosfera.

“É um amarelo alaranjado brilhante por todo o nariz”, observou um dos astronautas.

“Você vê um tipo de redemoinho,” disse outro.

Scott Altman, o comandante do vôo que precedeu a missão do Columbia, comentou, nesta sexta-feira, que essa visão é normal.

“Todos os efeitos do plasma que aparecem na gravação são típicos de uma reentrada normal à noite”, disse Altman.

No momento da gravação, o ônibus espacial estava sobrevoando a escuridão de antes da aurora. Logo, entrou na luz da manhã dos Estados Unidos continental.

Conversas normais podem ser ouvidas entre os outros astronautas, que verificam calibres, colocam suas luvas e comentam sobre as forças da gravidade.

Logo depois, o Columbia desintegrou-se sobre o estado do Texas, matando os sete astronautas a bordo.

Uma suspeita ruptura em uma asa pode ter permitido a entrada do plasma e produzido o desastre, segundo analisam os investigadores.

A filmagem foi obtida através de uma pequena câmera instalada próxima ao piloto do Columbia, William McCool, que a removeu e a entregou à especialista da missão, Laurel Clark, para gravar outros momentos a bordo, disse a Nasa.

O vídeo começa quando a nave espacial, avaliada em dois bilhões de dólares passava sobre a região sul do Oceano Pacífico e termina em sua parte leste, já ao sudoeste de San Francisco.

A fita tem nove minutos antes e quatro minutos depois da reentrada, terminando cerca de 11 minutos antes de o Controle da Missão perder contato com o Columbia.

As tripulações dos ônibus espaciais normalmente gravam todo o vôo de reentrada na Terra até a aterrissagem, mas a Nasa acredita que o restante da filmagem foi destruído durante o desastre.