NASA descobre planeta mais distante e antigo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de julho de 2003 as 12:03, por: cdb

O telescópio Hubble permitiu a descoberta do planeta mais distante e mais antigo que se conhece, com duas vezes e meia o tamanho de Júpiter e a 5.600 anos luz da Terra, anunciou sexta-feira a NASA.

O planeta, pertencente ao grupo de estrelas M4, na constelação Escorpião, formou-se há 13 mil milhões de anos, muito antes da Terra e do Sol, e pode mudar as teorias sobre o início da formação dos planetas e da evolução da vida.

A existência do planeta era admitida desde a descoberta, em 1988, de uma estrela que ele orbita numa zona da Via Láctea julgada demasiado antiga para que se pudessem formar planetas.

Segundo os investigadores, este planeta, tal como Júpiter, é uma gigantesca acumulação de gases onde a vida é impossível por falta de suficiente carbono e oxigênio.