Nada perdido

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 22:13, por: cdb

Oswaldo espera a volta de alguns dos lesionados para o clássico de domingo (Crédito: AGIF)

A classificação para a segunda fase da Copa do Brasil poderia ter vindo já nesta quarta-feira, em João Pessoa-PB, não fossem as chances desperdiçadas pelo Botafogo e o gol de empate do Treze no último minuto. Porém, mesmo insatisfeito com o resultado, Oswaldo de Oliveira não vê motivos para maiores preocupações.

“Pelo andamento do jogo poderíamos ter saído com a classificação. Eles criaram boas oportunidades, mas nós criamos mais. Lamentamos, mas não há nada perdido. Apenas jogaremos mais uma partida dentro de casa e precisamos vencer”, lembrou o treinador alvinegro.

O confronto no Almeidão serviu para o Botafogo conhecer um pouco mais do adversário. Para a partida de volta, às 22h da próxima quarta-feira, no Stadium Rio, o comandante do Glorioso já sabe o que esperar dos paraibanos.

“O Treze é um time muito bom, rápido e que tem jogadores que exploram bem essa velocidade. Isso é uma preocupação para o nosso jogo de volta”, analisou Oswaldo.

Antes da partida decisiva pela competição nacional, no entanto, o Glorioso encara o Vasco, em partida válida pela quarta rodada da Taça Rio, às 18h30 de domingo, também no Stadium Rio. Para o clássico, o treinador espera ter a volta de alguns dos jogadores, como Loco Abreu, Marcelo Mattos, Fellype Gabriel e Andrezinho, que ficaram no Rio de Janeiro aprimorando a forma física.

“Vamos conversar, ver as condições dos jogadores que ficaram no Rio. Vamos avaliar tudo e ver as condições para o clássico de domingo”, disse o treinador, que quer descansar antes de pensar no jogo do final de semana. “Agora é descansar antes de pensar nisso”, encerrou.

Rodrigo Paradella