Mulher cai da estação do Pão de Açúcar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 16 de janeiro de 2005 as 11:24, por: cdb

Uma equipe do Corpo de Bombeiros resgatou uma mulher que caiu da encosta do Morro da Urca. Norma Areia Leão, 58 anos, contou aos bombeiros que estava no parapeito da primeira estação do bondinho, quando escorregou, descendo cerca de 50 metros pelas pedras e pela mata da encosta. O acidente só não foi mais grave porque ela foi parada por uma valeta, que serviu de obstáculo na queda.

Um salvamar que estava de plantão na Praia Vermelha viu o momento da queda e correu ao socorro da vítima. Com várias escoriações, Norma foi resgatada por uma equipe que desceu no rapel até o local.

O resgate chamou atenção de banhistas e turistas pelo risco do helicóptero do Corpo de Bombeiros bater na encosta. Ao comentar o resgate, o comandante das Unidades Especializadas do Corpo de Bombeiros, coronel Marcos Aurélio Silva, elogiou o trabalho dos bombeiros. Norma foi atendida ainda no local pelo tenente-médico Vinícius e levada para o hospital Miguel Couto em estado de choque, com traumatismo crânio-encefálico leve e uma fratura no punho esquerdo, além de múltiplas escoriações.

A Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar divulgou nota sobre o acidente. A diretoria da empresa diz que aguarda o relato da vítima e afirma que um de seus funcionários presenciou a queda. Segundo ele, Norma estava desacompanhado no momento do acidente.

A nota informa: “Dois funcionários conseguiram chegar através de uma trilha até a vítima para acalmá-la, enquanto aguardavam a chegada do socorro. O resgate foi realizado minutos depois por um helicóptero do Segoa, que levou a vítima para a sua base, de onde foi transportada de ambulância para o hospital Miguel Couto. No Morro da Urca, próximo das grades de proteção do local – que permanecem intactas – foram encontrados e entregues ao Corpo de Bombeiros da base Humaitá um par de sapatos e uma bolsa que, supostamente, pertencem à vítima”, informa a nota.