MUJICA QUER COMPLEMENTAÇÃO ECONÔMICA COM O BRASIL

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 14:15, por: cdb

MONTEVIDÉU, 5 ABR (ANSA) – O presidente do Uruguai, José Mujica, defendeu hoje uma “complementação” industrial e comercial de seu país com o Brasil, após suspender uma viagem que realizaria nesta quinta-feira a Brasília por causa do mau tempo.
   
Em seu programa de rádio “Habla el presidente”, o mandatário uruguaio disse que existem “iniciativas onde podemos participar nessas coisas”, ao tratar da atividade industrial, “buscando ser complementares, obviamente com a característica de nossa escala, o que podemos”.
   
Ele citou como exemplo a demanda de barcos por parte do Brasil, o que, segundo Mujica pode gerar oportunidades para a indústria naval uruguaia, que já as fabrica para a petrolífera estatal do país, a ANCAP.
   
O presidente uruguaio ainda manifestou o desejo de participar de um eventual acordo comercial entre o Brasil e a União Europeia (UE), argumentando que “precisamente o que necessitamos é maior abertura de mercado em escala mundial”.
   
Ele e Dilma tinham um encontro marcado hoje, no qual debateriam sobre as travas às importações impostas pelo governo argentino e que têm afetado o comércio no Mercosul e outros aspectos da agenda bilateral, como a complementação industrial e comercial.
   
Nos próximos dias será definida uma nova data para o encontro. (ANSA)