Muffato é campeão em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de dezembro de 2003 as 00:01, por: cdb

David Muffato entrou para o seleto grupo de campeões da Stock Car V8. Ele chegou em quarto lugar na última e decisiva etapa da temporada e assegurou o primeiro lugar na classificação final de 2003. Nos 25 anos da categoria mais tradicional do País, apenas dez pilotos conquistaram o título e Muffato, de 32 anos, colocou fim à chamada Era dos Dinossauros, numa referência aos títulos dos veteranos Ingo Hoffmann, Chico Serra e Paulão Gomes.

“Fiquei feliz, pois quebrei um tabu. A categoria era dominada pelos dinossauros. Planejei essa corrida logo de manhã e deu tudo certo. Agradeço ao Ereneu Boettger, que me deu a oportunidade de trabalhar numa grande equipe. O que aconteceu com o Paulão já é passado”, disse David, que foi tocado por Paulo Gomes na última volta. Logo após o final da corrida, David reclamou do piloto da equipe NEC-Manzini, mas não quis falar sobre o assunto durante a entrevista coletiva.

Na prova deste domingo, em Interlagos, São Paulo, Chico Serra foi o primeiro colocado Antonio Jorge Neto o segundo e Cacá Bueno o terceiro. Com o resultado, Cacá ficou com o vice-campeonato, Guto terminou em terceiro e Ingo Hoffman em quarto. O público de 32 mil pessoas foi o melhor dos últimos 13 anos.

Pedro Gomes, que largou na segunda colocação, assumiu a liderança na primeira volta quando ultrapassou o pole Antonio Jorge Neto. Na terceira passagem, Xandy Negrão, que ocupava a terceira posição, foi atingido por Neto, rodou na sexta volta e abandonou a prova.

“Tinha tanto piloto para pegar na pista e acertei justamente o patrão, mas naquele momento o carro estava arisco e difícil de controlar “, disse Neto.

Ingo Hoffmann, um dos concorrentes ao título, se envolveu em acidente com Fernando Correa na nona volta e abandonou.

“Infelizmente bati no Fernando. Não sei se ele não me viu. Agora, é pensar na próxima temporada”, disse Ingo Hoffmann.

Chico assumiu a liderança quando Pedro Gomes parou nos boxes para reabastecimento e ultrapassou o limite de velocidade de 56 km/h. Chico também perdeu o primeiro lugar nos boxes, mas recuperou na pista.

O piloto da equipe WB-Texaco conquistou sua 31ª vitória na Stock Car. A última vez que Chico tinha subido no lugar mais alto pódio foi na prova decisiva da temporada 2002, dia 24 de novembro, em Interlagos.

“O carro ficou perfeito depois do warm up. Na corrida deu tudo certo “, disse o terceiro piloto com maior número de vitórias na categoria. Com 74 vitórias, Ingo lidera o ranking seguido de Paulão Gomes, que tem 40 primeiros lugares.

Vice-campeão, Cacá ficou insatisfeito com o desempenho neste domingo. O piloto da equipe Petrobras-RS fez sua segunda temporada no campeonato mais tradicional do País.

“Não consegui ultrapassar ninguém. Fiz uma corrida passeando pois não chegava nos adversários. Comecei em 2002, quando fui terceiro, agora fui vice. Quem sabe não seja o primeiro em 2004”, brincou Cacá.

PERFIL DO CAMPEÃO

Filho do piloto Pedro Muffto, David, de 32 anos, é parananse de Cascavel e começou a carreira no kart. Em 1992 conquistou o seu primeiro título, o paranaense de kart. Foi vice-campeão do Brasileiro de Marcas e Pilotos de 1994. Correndo pela Fórmula-3 Sul-Americana, principal campeonato do automobilismo continental, foi vice-campeão em 95. Em 99, foi campeão no Paranaense de Turismo.

“Comecei a correr de kart escondido do meu pai. Numa prova, terminei em terceiro lugar e colocaram ele para me dar o troféu. Quando ele entregou, disse que eu levaria uma surra da minha mãe. Claro que foi brincadeira, pois eu já tinha 19 anos e era casado”, disse Muffato numa referência a seu pai, o também piloto Pedro Muffato, hoje na Fórmula Truck.

Na temporada de 2000, David foi o terceiro colocado na Stock Car Light. A estréia na Stock Car V8 aconteceu em 2001, ano em que foi eleito o Piloto Revelação. No ano passado, terminou a temporada em nono lugar.

“Dedico o título de campeão