MST pode ocupar fazenda de ex-ministro no Mato Grosso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de setembro de 2003 as 05:08, por: cdb

Cerca de 120 famílias sem-terra estão acampadas desde a manhã da última segunda-feira às margens da BR-070, a 58 quilômetros de Barra do Garças (520 Km a leste de Cuiabá). O acampamento e formado por famílias pobres da periferia de Barra do Garças.

O acampamento foi instalado como forma de pressionar o Incra a desapropriar a fazenda Passa Vinte, propriedade da família do irmão do ex-ministro da Agricultura do governo Fernando Collor, Antonio Cabrera. Os trabalhadores não têm nenhuma ligação com o MST.

– Queremos trabalhar. Conseguir um pedaço de terra cuidar da nossa família – disse um dos acampados, que não quis ser identificado. Até por volta das 13 horas, nenhum representante do Incra tinha ido ao local.

Apesar de terem a fazenda Passa Vinte como alvo, os sem-terra não pensam em invadi-la, por enquanto.
 
– O movimento e pacífico. Queremos apenas a vistoria na fazenda pelo Incra e a desapropriação – disse a dos sem-terra Nilva Maria, que esta no acampamento em companhia do marido.

De acordo com a sem-terra, eles só vão sair do local após o posicionamento do Incra. O irmão do ex-ministro, Mauricio Cabrera, esteve em Barra mas não quis falar sobre a ameaça de invasão.