MP vai apurar possível omissão da Capitania dos Portos em Cabo Frio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de abril de 2003 as 19:14, por: cdb

A assessoria do Ministério Público Federal informou que o procurador da República em São Pedro da Aldeia, Orlando Monteiro Espíndola da Cunha, vai instaurar um procedimento administrativo criminal para apurar eventual omissão dos agentes da Capitania dos Portos na fiscalização da embarcação Tona Galea, que naufragou no último sábado (19), em Cabo Frio, matando 12 pessoas.

A escuna passou por adaptações que permitiam enfrentar condições de mar aberto. Mas, o estabelecimento em que foram feitas as reformas não tinha a documentação necessária para operar como estaleiro e, por isso, as adaptações feitas na embarcação são irregulares.