MP do Rio denuncia motorista e proprietária de caminhão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 as 10:29, por: cdb

O Ministério Público do Estado do Rio, por intermédio da 30ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos (Capital), ofereceu denúncia por homicídio culposo, contra Ubirajara Leandro da Silva e Janine Seixas Borges.

Eles são, respectivamente, o condutor e a proprietária de um caminhão que atropelou e matou uma mulher no dia 10 de março de 2009, na Ilha do Governador, no Rio.

O acidente ocorreu, por volta das 12h40m, na Rua Professor Silva Campos, no bairro de Bancários. Ubirajara conduzia o caminhão Mercedes Benz, placa BQL 2267, e, ao subir uma ladeira, não conseguiu frear, batendo em um poste e causando a queda de botijões de gás que atingiram e provocaram a morte de Severina Silva dos Santos.

Na denúncia o Promotor de Justiça Sauvei Lai sustenta, com base em laudo de exame de veículo, que Ubirajara “agiu de forma imprudente, negligente e imperita”, pois dirigia o caminhão de transporte de botijões de gás “em condições visivelmente inadequadas”.

Sauvei indica que o veículo apresentava vazamento de fluido de freio, sistema de frenagem inoperante, pneus “carecas” e lataria da cabine recuperada sem o devido apuro técnico.

“Nas mesmas circunstâncias, a segunda denunciada Janine também agiu de forma imprudente, negligente e imperita, eis que, na condição de proprietária do veículo, não realizou a manutenção periódica do mesmo – que apresentou os defeitos acima narrados, deixou o primeiro denunciado Ubirajara conduzi-lo e ordenou que este fizesse a entrega de botijões de gás”, acrescenta a denúncia.