Morte de líder do Hamas é anunciada após ataque aéreo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 9 de outubro de 2004 as 10:46, por: cdb

Um representante do Hamas, principal grupo islâmico palestino, morreu neste sábado em um ataque aéreo realizado pelo Exército israelense no acampamento de refugiados de Jabalya, no Norte da faixa de Gaza.

O representante Abdelaluf Nabar, de 25 anos, morreu na explosão de um míssil, disparado por um helicóptero, informou o Hamas em um comunicado.

Um porta-voz do Exército israelense negou que tenha havido ataque aéreo em Jabalya. Soldados israelenses dispararam contra um grupo de palestinos que se preparavam para disparar um míssil antitanque, o que causou a explosão do projétil, segundo o porta-voz.

Com este caso aumenta para 103 o número de palestinos mortos na faixa de Gaza pelo Exército israelense desde o lançamento da operação Dias de Penitência, em 28 de setembro passado, para por um fim aos disparos de mísseis para Israel.

Desde o início da Intifada, no final de setembro de 2000, a violência entre israelenses e palestinos causou 4.467 mortos, dos quais 3.439 eram palestinos e 954, israelenses.

Pouco antes, dois palestinos armados morreram em trocas de tiros com o Exército israelense em Beit Hanun, aldeia próxima a Jabalya, segundo fontes hospitalares palestinas.

Os dois indivíduos pertenciam às Brigadas dos Mártires de Al Aqsa, um grupo armado vinculado ao Fatah do líder palestino Iasser Arafat.

Segundo fontes médicas, o Exército israelense matou outros dois membros do serviço de segurança nacional na madrugada de hoje em Khan Yunes, no sul da faixa de Gaza.