Morte de comerciante causa revolta em Curitiba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de dezembro de 2003 as 08:58, por: cdb

Moradores de Itaperuçu, na Região Metrolpolitana de Curitiba, destruíram nesta segunda-feira à noite a prefeitura, a delegacia e o módulo da Polícia Militar da cidade. Os manifestantes se revoltaram com a morte do proprietário de uma lanchonete, Luiz Motim, 55 anos, assaltado e assassinado perto do posto policial. Foi o segundo assassinato na cidade nos últimos três dias .

O tumulto começou por volta das 22h, em frente ao posto da polícia, onde não havia ninguém. O muro foi quebrado e a prefeitura, invadida. Móveis e computadores foram jogados pela janela. O mesmo ocorreu na delegacia, cujos equipamentos foram destruídos. Os protestos só terminaram com a chegada do Batalhão de Choque de Policiais Civis do Grupo de Operações Especiais . Eles usaram bombas de efeito moral e dispararam tiros para cima para dispersar os manifestantes.

Itaperuçu tem cerca de 20 mil habitantes e dois policiais para atender a região. Uma comissão de moradores irá nesta terça à polícia para discutir questões ligadas à segurança do município.