Morre Suzy Parker, top model dos anos 50

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de maio de 2003 as 14:13, por: cdb

Suzy Parker, top model pioneira dos anos 50, morreu no último sábado (3), aos 69 anos, em sua casa em Montecito, Califórnia. Conhecida por sua vasta cabeleira vermelha e o porte esguio, Suzy foi a modelo preferida de Coco Chanel e fotografada pelos grandes fotógrafos de moda, como Richard Avedon e Milton H. Greene.

Greene, por sinal, chegou a declarar que a modelo redefinia o conceito de elegância. Para Eleanor Dwight, Suzy foi “a” modelo da década de 50. Naqueles anos, uma supermodel como Suzy faturava meros US$ 200 por hora. Hoje em dia, o cachê de uma grande modelo passa de US$ 50 mil por desfile.

Como as modelos de hoje, Suzy também passou das passarelas aos cinemas. Estreou em grande estilo no musical Cinderela em Paris, contracenando com Fred Astaire e Audrey Hepburn. Vieram depois papéis secundários em O Beijo da Despedida, com Cary Grant, e A Casa das Amarguras, com Gary Cooper.

Suzy foi casada três vezes, a último delas com o ator Bradford Dillman, que conheceu em Hollywood. Com ele, deixou os holofotes no final dos anos 60 para viver em Montecito. Além do viúvo, Suzy deixa quatro filhos e dois netos.