Morre o jornalista Joaquim Antônio Ferreira Netto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de agosto de 2002 as 08:14, por: cdb

Morreu na noite deste domingo o jornalista Joaquim Antônio Ferreira Netto, 64 anos. Ele teve falência múltipla de órgãos, provocada por uma doença crônica no fígado. O jornalista estava internado havia três semanas no hospital Igesp, na Bela Vista (região central de SP). Foi internado após sofrer uma queda em casa, chegando a bater com a cabeça. Foi operado para retirar um hematoma no cérebro, decorrente da queda.

O jornalista atualmente apresentava o “Programa Ferreira Netto”, de segunda a sexta-feira, às 23h30, na CNT (canal distribuído a cabo nacionalmente). O programa promovia debates entre dois ou mais convidados sobre política, economia e relações internacionais. Ferreira Netto foi colunista do extinto jornal “Folha da Tarde”, do grupo Folha. Também teve seu programa em diversas emissoras de televisão e rádio. Na TV Gazeta, de São Paulo, fazia cobertura política na época da primeira eleição direta para presidente após a redemocratização do país, em que Fernando Collor e Lula se enfrentaram no segundo turno.

Em 1990, foi candidato a senador em São Paulo pelo partido do então presidente Collor, o PRN. Perdeu: Eduardo Suplicy (PT) venceu a disputa. O corpo do jornalista será velado nesta segunda-feira na Assembléia Legislativa de São Paulo e será cremado.