Morre no Rio o ex-árbitro de basquete Manoel da Silva Tavares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 6 de novembro de 2002 as 21:07, por: cdb

O ex-árbitro internacional, Manoel da Silva Tavares, que sofria de diabete, faleceu nesta terça-feira aos 73 anos. Natural, de Belém (Pará), Tavares nasceu no dia 20 de dezembro de 1928 e vivia na cidade do Rio de Janeiro, onde será enterrado nesta quinta-feira, às 9 horas, no Cemitério do Catumbi, Zona Norte do Rio.

Manuel Tavares foi um dos mais conceituados árbitros do basquete brasileiro, tendo apitado importantes competições internacionais como Campeonato Mundial, Pré-Olímpico Masculino Adulto, em Porto Rico; o Pré-Mundial Juvenil Masculino, na Itália; e o Mundial Juvenil da Espanha. Atuou ainda em duas Universíades, vários Campeonatos Sul-Americanos e Pan-Americanos. Foi instrutor em clínicas organizadas pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e responsável pela formação de um grande número de árbitros que estão em atividade no Brasil.

Para o presidente da CBB, Gerasime Grego Bozikis, a morte de Manuel Tavares é uma perda para o esporte:

– A dedicação com que trabalhou pelo basquete sempre será lembrada e servirá como reverência a todos que amam nosso esporte. Atuando por mais de 30 anos, Tavares ajudou a formar árbitros por todo o Brasil. Deixa o seu exemplo de competência e passa a fazer parte da história do basquete brasileiro onde será sempre lembrado com muito carinho.