Moore e Gibson são premiados no People’s Choice

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de janeiro de 2005 as 16:49, por: cdb

Dois polêmicos filmes que ganharam milhões de dólares nas bilheterias em 2004, além de uma animação, conquistaram neste domingo os principais prêmios da 31ª edição do People’s Choice, em cerimônia realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos.


O documentário Fahrenheit 9/11, de Michael Moore, que critica as ações do presidente George W. Bush após os ataques de 11 de setembro de 2001 às torres gêmeas do World Trade Center, ganhou o prêmio de melhor filme, enquanto A Paixão de Cristo, de Mel Gibson, foi eleito o melhor filme de drama.

Moore dedicou o prêmio aos soldados americanos e disse que estava “assombrado” que o filme tenha sido eleito como o melhor. “Adoro fazer filmes e este prêmio é um convite para que eu faça mais Fahrenheit 9/11s”, disse.

Shrek 2 venceu em três categorias: foi eleito o melhor filme de comédia, a melhor seqüência e a melhor animação de 2004.

Além disso, o personagem Burro, dublado na versão original por Eddie Murphy, foi eleito o personagem favorito de um filme animado, enquanto a Fada Madrinha, na voz de Jennifer Saunders, levou o prêmio de melhor vilã.

Julia Roberts e Johnny Depp conquistaram os prêmios de melhor atriz e ator. Matt LeBlanc e Marg Helgenberger ganharam os prêmios de melhor ator e atriz de televisão. Will & Grace ganhou o prêmio de melhor comédia de televisão, e CSI: Crime Scene Investigation, o de melhor drama.

A cerimônia de entrega dos prêmios, apresentada por Jason Alexander e Malcolm-Jamal Warner, foi realizada no Auditório Cívico de Pasadena e televisionada pela cadeia CBS.

Os indicados foram escolhidos por editores da revista Entertainment Weekly, pela equipe de produção do People’s Choice e por um grupo de especialistas. Os vencedores foram escolhidos por votos enviados pela Internet.