Modelo brasileiro é assassinado na Califórnia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de janeiro de 2004 as 12:58, por: cdb

A família do modelo brasileiro Bruno de Oliveira Bastos, de 20 anos, prefere não falar sobre o caso. Bruno foi assassinado no último dia 30 de dezembro ao sair de uma agência bancária na cidade de San Francisco, Estado da Califórnia (EUA).

O Último Segundo entrou em contato com a família do modelo em Montes Claros, em Minas Gerais. A mãe dele, Zaia Bastos, informou que a família está muito abalada com a morte e prefere não falar com a imprensa sobre o caso. Bruno morava em San Francisco havia três anos e tentava fazer carreira nas passarelas internacionais.

Ele foi atingindo por uma bala perdida durante um tiroteio ao sair de um banco no centro de São Francisco. De acordo com a rádio CBN, a família só soube da morte nesta segunda-feira. O corpo foi cremado e as cinzas devem chegar até a próxima sexta-feira. Bruno já havia morado em Nova York como gerente de uma pizzaria.

O Ministério das Relações Exteriores disse que só foi informado da morte do brasileiro nesta segunda-feira. Os policiais de San Francisco teriam justificado ao consulado que não sabiam da necessidade de avisar a representação brasileira no país. O consulado do Brasil em San Francisco irá acompanhar o inquérito, que deve apurar quem disparou o tiro que matou Bruno.