Mistura de ervas populares e remédios pode ser perigoso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 as 11:59, por: cdb

Ervas e suplementos populares, como a erva-de-são-joão e até mesmo alho e gengibre, não se misturam bem a medicamentos comuns para o coração.

De acordo com um estudo publicado no The Journal of the American College of Cardiology,  as ervas populares também podem ser perigosos para pacientes que tomam estatina, anticoagulante e remédios para a pressão arterial.

Segundo os pesquisadores, a erva-de-são-joão eleva a pressão e os batimentos cardíacos, e o alho e o gengibre aumentam o risco de hemorragias em pacientes que tomam anticoagulantes. Mesmo o suco de toronja pode ser arriscado, aumentando os efeitos de bloqueadores dos canais de cálcio e estatinas.

O estudo inclui uma lista com dezenas de produtos de ervas que os pacientes deveriam usar com cautela, além de uma lista de interações comuns entre medicamentos e ervas.

Entre eles estão o ginkgo, o ginseng e a equinácea, assim como algumas surpresas como o leite de soja e o chá verde,  que podem reduzir a eficácia do anticoagulante varfarina, e até mesmo a babosa e o alcaçuz.