Miroslav Radic se entrega em Belgrado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de abril de 2003 as 14:42, por: cdb

Miroslav Radic, um ex-general do Exército iugoslavo acusado de crimes de guerra na cidade croata de Vukovar, se entregou às autoridades de Belgrado.

Radic é um dos três oficiais indiciados pelo Tribunal Criminal Internacional para a Antiga Iugoslávia, em Haia, acusado pela morte de cerca de 260 não-sérvios capturados em Vukovar em novembro de 1991.

A informação foi divulgada pela agência de notícias sérvia Beta.

De acordo com a agência, depois da rendição, Radic apareceu diante de um tribunal em Belgrado, mas os detalhes sobre seu julgamento não foram revelados.

Trio de Vukovar

Outros dois oficiais, Mile Mrksic e Veselin Sljivancanin, também são acusados de envolvimento nas mortes de 1991.

Os três ficaram conhecidos como o “Trio de Vukovar”.

Mrksic se entregou ao Tribunal no ano passado.

No início deste ano, a ONU ameaçou suspender a ajuda financeira à Sérvia se o país não entregasse Radic, Sljivancanin e um ex-líder militar bósnio, Ratko Mladic.