Ministro palestino pede mudanças no plano de paz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de maio de 2003 as 02:02, por: cdb

O primeiro-ministro palestino, Mahmoud Abbas, pediu nesta quarta-feira que Israel aceite o novo plano de paz para o Oriente Médio. Mas Abbas (também conhecido como Abu Mazen) comentou que para que se firme o acordo definitivo deve constar o direito de os refugiados palestinos retornarem aos territórios ocupados por Israel.

Em entrevista para TV Abbas rejeitou a condição imposta por Israel de que os palestinos retirem de sua lista de exigências a volta dos refugiados.

– O tema dos refugiados é um assunto que deve constar do texto final do acordo. Então, ele deve ser guardado para a etapa final. Por que eu derrubaria o direito de os refugiados retornarem? Eu não tenho esse direito – afirmou Abbas à rede de TV por satélite palestina.

O ministro diz estar pronto para se reunir com o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, e que tem feito contatos com o governo israelense.

Com certeza não está muito fácil de existir um acordo entre os dois. Sharon disse que ficaria “feliz em se encontrar com Abu Mazen”, mas afirmou que não reconhecerá um Estado palestino se o retorno dos refugiados não deixar a lista de exigências palestinas.