Ministério faz alterações para financiamento de imóveis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de novembro de 2003 as 15:58, por: cdb

O Ministério das Cidades elevou os valores dos créditos e das faixas de renda para o financiamento de imóveis com recursos do FGTS, por meio de instrução normativa publicada ontem no Diário Oficial da União. O valor máximo de avaliação de imóveis subiu de R$ 62 mil para R$ 72 mil e de R$ 2 mil para R$ 2,4 mil a faixa de renda familiar para todas as modalidades de financiamentos, incluindo os imóveis usados.

A segunda faixa de renda para acesso aos financiamentos foi elevada de R$ 3.250 para R$ 3.670. O valor limite da última faixa de renda foi mantido em R$ 4.500.

As mudanças alteram também de R$ 10 mil para R$ 15 mil o valor máximo para avaliação de lotes urbanizados e estabelece o limite de renda de R$ 1,2 mil para o seu financiamento.