Ministério da Saúde divulga nota rejeitando pesquisas sobre preços de medicamentos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de novembro de 2003 as 16:33, por: cdb

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), do Ministério da Saúde, divulgou nota na qual rejeita as pesquisas de preços do Conselho Regional de Farmácia do Distrito Federal (CRF-DF) e do Instituto de Defesa do Usuário de Medicamentos. O motivo, segundo a nota, é que esses institutos não “apresentam critérios estatísticos confiáveis e assim confundirem a população”.

De acordo com a nota, dos 57 produtos apresentados por esses órgãos com preços acima do permitido, em apenas um, o Fideine, foi confirmado o abuso. “A CMED considera que esses levantamentos das citadas entidades são um desserviço à sociedade”, diz a nota. A CMED orienta os consumidores a buscarem preços menores no mercado de OTCs (medicamentos de venda livre), entre os concorrentes, quando identificarem aumentos, ou obter mais informações sobre preços pelo novo Disque-Medicamentos (0800 644 0 644).