Militante palestino mata quatro israelenses e é morto por soldados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de dezembro de 2002 as 17:54, por: cdb

Um militante palestino invadiu, na noite desta sexta-feira, o assentamento judaico de Otniel, ao sul de Hebron, na Cisjordânia, e abriu fogo numa casa, matando pelo menos quatro israelenses e ferindo sete, informaram autoridades militares de Israel.

Soldados israelenses conseguiram matar o militante. O Exército iniciou buscas na região à procura de possíveis comparsas do assassino.

Ramadan Shalah, o chefe da organização Jihad Islâmica em Beirute, a capital do Líbano, assumiu a responsabilidade pelo ataque, afirmando que este foi realizado para vingar a morte, na véspera, de um líder do grupo em Qabatiya, na Cisjodânia.

Autoridades policiais e militares disseram que o palestino disparou contra a sala de jantar de um seminário judaico em Otniel, no momento em que estudantes estavam reunidos para a refeição do Sabbath, que marca o início do dia sagrado para os judeus.