Michael J. Fox pede dedicação especial às doenças incuráveis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 14:40, por: cdb

O ator americano Michael J. Fox, que sofre do mal de Parkinson, exortou no último fim de semana (10 e 11) os médicos recém-formados de uma universidade da Flórida (EUA), a prestar especial atenção às doenças incuráveis.

Fox, quem entre outros filmes de sucesso protagonizou os três da série Volta para o futuro, foi o orador principal na formatura anual da escola de Medicina da Universidade de Miami.

O ator, que teve a doença diagnosticada há 12 anos, disse, diante de mais de uma centena de novos médicos, que seu objetivo como ativista é conseguir mais e melhores pesquisas em torno das doenças incuráveis, especialmente o mal de Parkinson, e pediu ajuda em sua luta.

– Peço a todos os senhores, como médicos, que atendam de maneira muito especial estes temas e unam sua voz ao debate público -, disse.

Fox recebeu, da parte da presidente da Universidade de Miami Donna Shalala, ex-secretária de Saúde dos Estados Unidos, uma medalha de reconhecimento por seu trabalho e êxito na Fundação que criou para investigar o mal de Parkinson.

Fox anunciou em 1998 que padecia da doença, caracterizada por tremores e perda do equilíbrio, e em 2000 inaugurou a Fundação, que já distribuiu mais de 20 milhões de dólares para pesquisas sobre o mal de Parkinson, incluídos 375.000 dólares destinados à Clínica Mayo de Jacksonville, Flórida.

Segundo os pesquisadores, a doença de Parkinson, de que padecem um milhão de americanos, se produz aparentemente por um processamento defeituoso das proteínas.