México e Colômbia se unirão para combater tráfico de drogas na região

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de março de 2012 as 07:40, por: cdb

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os presidentes Felipe Calderón (México) e Juan Manuel Santos (Colômbia) unirão forças para definir uma estratégia de combate ao narcotráfico na região. A reunião está marcada para o próximo dia 24, na Cidade da Guatemala, capital guatemalteca. A iniciativa foi confirmada pelo presidente de Honduras, Porfirio Pepe Lobo, que apelou aos presidentes da América Central que também se unam na mesma tarefa.

Santos disse nessa sexta-feira (9) que os Estados Unidos querem discutir a legalização das drogas.
“É uma discussão bem-vinda. Eu coloquei essa questão sobre a mesa”, disse Santos. “O tráfico de drogas é uma questão terrível”, acrescentou.

As reuniões de Calderón e Santos ocorrerão semanas antes da Cúpula das Américas, em Cartagena, na Colômbia. Para Lobo, as questões relativas à segurança regional deverão predominar nos debates, assim como os temas econômicos.

O presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina, que está em seu primeiro ano de mandato, defende a descriminalização da produção, do transporte e da venda de drogas na tentativa de combater a violência gerada pelo tráfico.

*Com informações da multitestatal de televisão, Telesur//Edição: Graça Adjuto