Metrô do Rio: Estação Cidade Nova, só em junho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de março de 2010 as 10:25, por: cdb

O presidente da concessionária Metrô-Rio, José Gustavo de Souza Costa, disse que a estação Cidade Nova só deverá ser inaugurada em junho. Ele informou que, apesar de ter a expectativa de ver a obra terminar no fim de março, de acordo com o previsto no cronograma original, há a possibilidade de o trabalho dos operários se estender até abril.

Em dezembro, quando inaugurou a ligação Pavuna-Botafogo, a empresa anunciou que a estação ficaria pronta em fevereiro. José Gustavo afirmou que ainda não marcou a data de inauguração por bom senso.

Segundo José Gustavo, por uma questão se segurança, os 800 operários envolvidos no projeto têm trabalhado entre 21h e 5h, quando trens não circulam pela Linha 1A. Essa medida resultou em mudanças no planejamento da obra, que também sofreu alterações por conta de exigências da prefeitura, relacionadas a horários especiais de fim de ano e de carnaval. Mas, de acordo com o presidente do Metrô-Rio, o pleno funcionamento da conexão Pavuna-Botafogo não depende da abertura da estação Cidade Nova.

O projeto, que, segundo ele, custa cerca de R$ 45 milhões, está incluído no conjunto de intervenções previstas para a implantação da Linha 1A, cujo orçamento gira em torno de R$ 1,15 bilhão. Além da plataforma em concreto armado, com 145 metros de comprimento e 20 metros de largura, está prevista a construção de uma passarela sobre a Avenida Presidente Vargas e de um viaduto sobre a Avenida Francisco Bicalho.

Embora a nova ligação Pavuna-Botafogo tenha suscitado uma série de queixas por causa da superlotação e dos longos intervalos entre os trens, José Gustavo afirma que, a curto prazo, a nova plataforma não causará impacto significativo no número de passageiros. Porém, ele disse que, a longo prazo, a plataforma terá um papel fundamental na ligação entre o metrô e a Estação da Leopoldina, possível terminal do trem-bala que ligará o Rio a São Paulo.