Metrô de São Paulo volta a prejudicar população; linha da CPTM também tem problemas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 07:49, por: cdb

Metrô de São Paulo volta a prejudicar população; linha da CPTM também tem problemas

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 14/03/2012, 10:15

Última atualização às 10:20

Tweet

Passageiros aguardam para conseguir entrar em estação do metrô na zona norte (Foto: ©Brazil Photo Press/Folhapress)

São Paulo – Novos problemas técnicos provocaram confusão e atrasos no metrô e em trens de São Paulo na manhã de hoje (14). Nas linhas 1-Azul, 3-Vermelha e 5-Lilás do metrô e na linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), foi necessário conter o acesso de passageiros às plataformas. De acordo com a Companhia do Metropolitano (Metrô), um trem sofreu pane no sistema pneumático às 6h46, quando passava pela estação Pedro II da linha Vermelha. Portas e freios deixaram de funcionar. Os passageiros foram retirados e a composição teve de ser recolhida, o que provocou o retardamento das operações em todo o trajeto.

Em um efeito multiplicador, a velocidade dos trens na linha Azul –- com a qual a Vermelha faz interligação – também foi reduzida e houve superlotação nas entradas das estações e nas plataformas. Estações foram fechadas na zona leste e uma multidão de passageiros seguiu seus trajetos a pé.

Também houve problemas elétricos num dos ramais da linha Esmeralda da CPTM, obrigando os trens a circular em apenas uma via entre as estações Granja Julieta e Santo Amaro, na zona sul, igualmente reduzindo a velocidade das composições. Com isso, foram afetadas as operações da linha Lilás do metrô, com a qual faz interligação.

Passageiros mostraram impaciência e novamente acusaram que problemas técnicos no metrô acontecem sucessivamente. “Eu acordo 4h30 da manhã para não chegar atrasada e sempre chego tarde por causa de problemas no transporte”, protestou a balconista Gleise Souza.

O bancário Antônio de Souza contou parte das dificuldades vividas pelos passageiros que tentavam se deslocar da zona leste para o centro da cidade. “Estava um caos na parte da manhã, o percurso da zona oeste até o centro estava tudo parado, com intervalos de mais de 30 minutos e muito cheio. A qualidade e a comunicação estavam muito ruins e as pessoas estavam apavoradas com a aglomeração. Está faltando ao governo de São Paulo investimento no transporte público. Nós não vemos solução para isso.”

Ainda segundo as assessorias de comunicação do Metrô e da CPTM, os problemas foram resolvidos por volta das 7h20, mas até as 9h50 ainda era grande o número de pessoas que aguardavam melhores condições de embarcar.

Reportagens de Vanessa Ramos e Jessika Marchiori