Mesmo na prisão, Breno é contratado para jogar no São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 as 10:10, por: cdb
Breno
Breno, mesmo preso, é contratado pelo São Paulo

Breno, o zagueiro atualmente preso na Alemanha, já consta no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como jogador contratado pelo São Paulo até outubro de 2015. Antes de começar a jogar, porém, Breno precisa ser liberado pela Justiça alemã, que provavelmente o deportará nos próximos dias.

O zagueiro foi uma das maiores revelações do clube paulista nos últimos tempos, com o passe vendido ao Bayern de Munique (ALE) por cerca de R$ 40 milhões. O jogador, porém, não se adaptou ao modo de viver dos alemães e entrou em depressão. Seu estado emocional degradou-se ao ponto dele ter problemas com alcoolismo e incendiar a própria casa, no dia 19 de setembro de 2011 em Munique.

O atleta foi condenado a três anos e nove meses de detenção pelo incidente, em julho deste ano. A crise de Breno teria sido causada pelo fato de não jogar e não receber o salário. Uma das regras do futebol alemão prevê que o jogador que fica 45 dias sem atuar passa a receber um seguro de pouco mais de R$ 25 mil).

Hoje em dia, a família de Breno vive em um pequeno apartamento em Munique. Seu bom comportamento na prisão poderá acelerar o processo de liberdade para que, em Janeiro, ele já esteja liberado. Pouco antes de sua prisão ele foi sondado por times como a Lazio, da Itália.

Presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio disse, recentemente, que procura um zagueiro para compor elenco e mostrou admiração pelo jogador.

– Temos muita simpatia por ele. Mantemos contato sempre, mas isso depende de evoluções do Ministério, do Judiciário Alemão, que não é simples. Mas temos uma expectativa boa nesse sentido. Se ele conseguir a liberação, creio na possível vinda. Não posso dar certeza, não podemos fazer promessa pois depende da justiça, e é complicado. Vamos aguardar – disse Juvêncio, aos jornalistas.