Mercados reagem bem ao cenário externo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de abril de 2002 as 16:40, por: cdb

Os negócios no mercado financeiro foram beneficiados por algumas notícias positivas nesta sexta-feira, como a renúncia do presidente venezuelano Hugo Chávez, que provocou uma queda acentuada dos preços do petróleo. No mercado futuro, o preço do barril chegou ao patamar de US$ 24 durante a manhã – uma diferença considerável em relação ao patamar entre US$ 28 e US$ 29 alcançado logo no início dos conflitos no Oriente Médio.

Com a renúncia de Chávez, uma Junta Militar assumiu provisoriamente o comando do governo do país e empossou o empresário Pedro Carmona, presidente da Associação dos empresários. A primeira providência de Carmona foi readmitir os funcionários da estatal PDVA, demitidos por Chávez. Com isso, a produção de petróleo voltará a normalidade, dissipando as preocupações do mercado. A Venezuela é o quarto maior produtor mundial de petróleo.

Em relação ao cenário político, os investidores esperam a divulgação de novas pesquisas eleitorais na próxima na semana. Segundo apurou o repórter, André Palhano, uma pesquisa encomendada pelo Bank of America ao Ibope deve ser apresentada na segunda-feira. Essa pesquisa deve mostrar para onde migrariam os votos da candidata Roseana Sarney, do PFL, caso se confirme sua desistência pela disputa da sucessão.

Às 14h45, o dólar comercial está cotado a R$ 2,2950 na ponta de venda dos negócios, em alta de 0,48% em relação aos últimos negócios de ontem. No mercado de juros, o contrato de DI futuro com vencimento em outubro negociado na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) paga juros de 18,230% ao ano frente a 18,240% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 1,72%. Destacam-se na Bolsa as ações do Banco do Brasil. As ordinárias (com direito a voto) operam com valorização de 11,24%. Já as preferenciais (PN, sem direito a voto) registram elevação de 7,63%.

Ontem, depois do fechamento do mercado, o governo anunciou que vai vender cerca de 115 bilhões de ações, equivalente à sua participação de 16,3%. As ações preferenciais serão convertidas em ordinárias, o que possibilitará à instituição aderir ao Novo Mercado. Nos últimos dias, os papéis vinham sendo puxados para cima devido a rumores sobre a operação. Com a alta desta manhã, subiu para 26,12% a valorização acumulada no mês pelas ações ON. No acumulado do ano, o ganho é de 38,15%.

Nos Estados Unidos, depois da queda de ontem, as bolsas operam em alta. O Dow Jones – Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York – está em alta de 0,13%, e a Nasdaq – bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York – opera com alta de 0,82%. O índice Merval, da Bolsa de Valores de Buenos Aires, está em queda de 1,85%.