Mercado reduz pela sétima vez seguida expectativa de inflação para 2011

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de junho de 2011 as 08:18, por: cdb

Mercado reduz pela sétima vez seguida expectativa de inflação para 2011

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 20/06/2011, 10:45

Última atualização às 10:45

Tweet

São Paulo – Os analistas do mercado ouvidos reduziram pela sétima semana consecutiva suas projeções para a inflação neste ano. O prognóstico para a alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2011 passou de 6,19 para 6,18 por cento. Já a projeção para o próximo ano subiu pela segunda semana seguida, ao passar de 5,13% para 5,18%. Os números fazem parte do Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (20) pelo Banco Central (BC), publicação semanal feita com base em estimativas de analistas de mercado para os principais indicadores da economia.

A meta do governo para a inflação é de 4,5% nos dois anos, com tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A pesquisa do BC também traz estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que continua em 5,83%, neste ano, e em 4,80%, em 2012.Para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), os analistas mantiveram suas expectativas, em 3,96%, neste ano, e em 4,10%, em 2012. A expectativa para o crescimento da produção industrial, neste ano, caiu de 3,46% para 3,44%, e permanece em 4,5%, em 2012.

Na avaliação dos analistas, a taxa deve encerrar 2011 em 12,50% e 2012 em 12,25% ao ano. Atualmente a Selic está em 12,25% ao ano.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o presidente do BC, Alexandre Tombini, declarou ser objetivo da instituição levar a inflação para o centro da meta de 4,5% já em 2012 e que isso deverá acontecer com crescimento da economia.

Com informações da Agência Brasil