Mercado de trabalho estável mantém tendência de declínio do desemprego

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de setembro de 2011 as 06:26, por: cdb

Mercado de trabalho estável mantém tendência de declínio do desemprego

Taxa de desocupação continuou em 6%, a menor para meses de agosto na série histórica do IBGE

Por: Vitor Nuzzi, Rede Brasil Atual

Publicado em 22/09/2011, 09:14

Última atualização às 09:14

Tweet

São Paulo – Com o mercado de trabalho mantendo a estabilidade, a taxa de média de desemprego calculada pelo IBGE em seis regiões metropolitanas manteve-se em 6% de julho para agosto, mas bem abaixo de igual mês de 2010 (6,7%). Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou os dados nesta quinta-feira (22), é o menor taxa para agosto desde o início da série histórica, em 2002.

De acordo com o IBGE, o número de desempregados, estimado em 1,4 milhão, ficou estável ante julho, mas caiu 10% na comparação com agosto do ano passado – o correspondente a 160 mil pessoas a menos. Já o total de ocupados (22,6 milhões) também não teve variação significativa no mês, mas cresceu 2,2% em um ano, com 488 mil a mais. Ainda na base de comparação anual, os trabalhadores com carteira assinada no setor privado somaram 11 milhões, com aumento de 7,5%, acréscimo de 764 mil.

O rendimento médio real foi calculado em R$ 1.629,40, alta de 0,5% sobre julho e de 3,2% em relação a agosto de 2010. A massa de rendimentos subiu 1,4% e 5,6%, respectivamente, e atingiu R$ 37,2 bilhões.

Em instantes, mais informações.