Meia se recusa a trocar Valência pelo Arsenal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 31 de agosto de 2004 as 08:43, por: cdb

O meio-campista do Valência, Miguel Angel Angulo, rejeitou uma transferência para o Arsenal e decidiu ficar com o clube campeão espanhol, de acordo com o presidente da entidade, Jaime Orti.

“O jogador passou nos exames médicos, mas parece que ele resolveu voltar”, disse Orti a jornalistas depois da vitória de sua equipe por 2 x 1 sobre o Villarreal na segunda-feira. “Nós sentaremos e conversaremos com ele sobre o presente e o futuro nesta terça-feira. Não sabemos exatamente as razões da decisão dele, mas ele é bem vindo e todos esperam que ele fique com o Valência.”

Angulo tinha viajado a Londres na segunda-feira para passar pelos exames antes de se juntar ao time campeão inglês. Ambos teriam concordado em um pagamento de cinco milhões de euros pelo versátil atleta de 27 anos.

A mídia espanhola disse que Angulo, cujo contrato com o Valência expira no final da temporada, deve renovar seu compromisso com o clube.

O técnico do Valência, Claudio Ranieri, disse que estava maravilhado com a decisão de Angulo de não ir para a Inglaterra.

“É como o retorno do filho pródigo”, afirmou Ranieri a jornalistas, depois da partida contra o Villareal.

“Estou muito feliz porque ele é um jogador muito profissional e é importante para o Valência. Ele estava inseguro sobre a transferência e eu disse que ele deveria seguir seu coração. Parece que o coração dele disse para que ele fique.”

Angulo, que também atua na lateral-direita, como homem de ligação e no ataque, é titular do desde 1997.

Ele conquistou dois títulos espanhóis, as copas Uefa e do Rei, além de ter ajudado o clube a disputar a final da Copa dos Campeões em 2000 e em 2001.

Angulo jogou 22 vezes na campanha que rendeu à equipe o título espanhol da última temporada, mas ficou de fora do time que levantou a Supercopa Européia na última sexta-feira, ao bater o Porto. Isso permitiu que ele estivesse apto para jogar por outro time na Copa dos Campeões.