Medidas do Brasil para exportações são aprovadas pelo FMI

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de fevereiro de 2003 as 18:35, por: cdb

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI), Jorge Marquez Ruarte, disse acreditar que o governo está adotando as medidas apropriadas para promover as exportações brasileiras, que segundo ele são um instrumento importante para o crescimento econômico. Ao ser questionado sobre a meta do ministro Luiz Fernando Furlan de aumentar as exportações em 10% este ano, Ruarte disse que o importante é ter políticas adequadas para alcançar esse objetivo.

Ele comentou também a reunião que teve esta manhã com a ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef. Segundo ele, foi uma reunião “muito interessante” na qual se discutiu política energética, os problemas que o novo governo encontrou no setor e as medidas que estão sendo adotadas para solucionar essas dificuldades. Ruarte disse, na rápida entrevista que deu ao sair do ministério do Desenvolvimento, que sua visita ao Brasil faz parte de uma consulta anual aos países membros do FMI, durante a qual é feita uma revisão mais geral da política econômica. “Não tem nada a ver com a revisão do programa”, disse.

Perguntado sobre a discussão do sistema de metas de inflação, ele respondeu que o tema “não faz parte das reuniões”. Ruarte ainda terá encontro nesta terça-feira com a ministra da Assistência e Promoção Social, Benedita da Silva. Amanhã, o chefe da missão do FMI tem nova reunião no Ministério da Fazenda. Ruarte disse que a missão encerrará seus trabalhos no Brasil na próxima terça-feira, dia 25.