Marvel lançará história em quadrinhos com protagonista gay

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de dezembro de 2002 as 23:31, por: cdb

A Marvel Comics pretende quebrar um tabu na indústria das histórias em quadrinho com a introdução do primeiro protagonista abertamente homossexual.

O personagem aparecerá em uma revista que ressuscitará um título dos anos 1950, “Rawhide Kid”, a ser lançada em fevereiro.

A nova série junta o criador original do desenho, John Severin, atualmente com 86 anos, e Ron Zimmerman, o roterista de “Howard Stern Show”.

O Rawhide Kid tem sido um personagem principal e secundário da Marvel há meio século. No entanto, só após Zimmerman abordar a Marvel com sua idéia de um Rawhide Kid homossexual, que a sexualidade foi mencionada na discussão sobre o personagem.

Apesar de tímido com as moças, o Rawhide Kid original não era propositalmente gay. A nova versão usa eufemismos e duplos sentidos para revelar sua homossexualidade sem afirmar nada explicitamente.

Brian Reinert, o encarregado das relações públicas da Marvel, disse que a empresa sempre se “interessou por histórias que são relevantes hoje”, e espera reações variadas à nova roupagem do herói.

Reinert acredita que poderão vir respostas negativas de pessoas que não aceitam a homossexualidade e de fãs que não gostariam de ver mudanças em seu personagem preferido.

A Marvel pretende lançar seis histórias ao longo dos próximos seis meses. Após analisar a reação dos leitores, os editores decidirão se continuarão a produzi-las e se criarão mais séries com protagonistas gays.

Apesar de Rawhide Kid ser o primeiro herói gay, a Marvel tem vários personagens homossexuais, como North Star da série “X-Men”.

A primeira edição da série Rawhide Kid, com o título “Rawhide Kid: Slap Leather”, terá 22 páginas e preço sugerido para venda no varejo, nos Estados Unidos, de 2,95 dólares.