Martin Scorsese faz campanha para reabrir Estátua da Liberdade ao público

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de novembro de 2003 as 01:25, por: cdb

O diretor Martin Scorsese se uniu na última terça-feira, à campanha para reabrir ao público a Estátua da Liberdade, uma das atrações turísticas mais importantes de Nova York, que foi fechada após os atentados do 11 de setembro de 2001.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, manifestou numa entrevista coletiva, que era uma tristeza o fato da estátua permanecer fechada e pediu sua reabertura.

– A reabertura da Estátua da Liberdade é outra maneira de mostrar que vamos ganhar a guerra e que Nova York será a segunda casa para todo o mundo – declarou.

O diretor Martin Scorsese se uniu ao prefeito e ofereceu seu talento criativo para uma campanha para que o público possa voltar a ter acesso ao monumento.

Scorsese está produzindo um documentário para a televisão sobre a estátua, a ser transmitido pelo canal History Channel e que tem como objetivo arrecadar fundos para reforçar as medidas de segurança e reabrir o monumento.

A estátua, que foi um presente dos franceses em 1886, está sendo submetida a um plano de reabilitação, que inclui melhorar as medidas de segurança e as saídas de emergência para os visitantes.