Maria Fernanda Cândido recebe prêmio na ABL

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de setembro de 2003 as 11:40, por: cdb

Na noite desta quarta-feira, a Academia Brasileira de Letras reuniu vários artistas em sua sede, no Rio de Janeiro, para a entrega do prêmio Austregésilo de Athayde, que homenageou os “melhores de 2002”.

Entre as beldades presentes estava Maria Fernanda Cândido, recentemente premiada como a melhor atriz do Festival de Gramado, por seu trabalho no filme Dom. Na ABL, Maria Fernanda levou o prêmio por seu trabalho na novela Esperança.

Também foram premiados Fernanda Montenegro, Emilio Orciollo Netto e Tarcísio Meira. Ao lado de sua mulher Glória Menezes, Tarcísio agradeceu com bom humor e disse que o mais difícil do personagem Bóris, de O Beijo do Vampiro, que o rendeu o prêmio, era “beber sangue”.

O ator mirim Pedro Malta fez um discurso compenetrado e agradeceu a Deus e às equipes de Coração de Estudante e Kubanacan. “Ninguém faz nada sozinho”, afirmou.

No final da premiação foi feito um minuto de silêncio em homenagem a Rogério Cardoso, Roberto Marinho e Ari de Carvalho. Não houve coquetel também em respeito à memória das celebridades, mortas recentemente.