Mares Guia considera ‘razoável’ reajuste parlamentares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de maio de 2007 as 20:06, por: cdb

O ministro de Relações Institucionais da Presidência da República, Walfrido dos Mares Guia, considerou “razoável” o reajuste do salário dos parlamentares em 29,81%, aprovado na noite desta quarta-feira pela Câmara dos Deputados. Segundo ele, os deputados buscaram corrigir os salários com base no menor de todos os índices, que é o da inflação.

A Câmara também aprovou, no mesmo percentual, o reajuste de salário do presidente e vice-presidente da República e ministros de Estado. O projeto de decreto legislativo será apreciado, a partir da próxima semana, pelo Senado Federal.

– A política [salarial para o funcionalismo público] que o governo está mandando para cá [Congresso] é reajustar o salário bruto pela correção da inflação mais 1,5%. Então eu acho que é razoável isso -, disse o ministro ao deixar o gabinete do presidente do Senado, Renan Calheiros, onde se reuniu com líderes partidários.

Calheiros, por sua vez, disse que não tomará qualquer “decisão monocrática” sobre a proposta de reajuste salarial dos parlamentares aprovada pela Câmara. Como tem feito com relação a outras matérias que chegam à Casa, Renan Calheiros disse que pretende reunir as lideranças partidárias para avaliar o projeto.

O presidente do Senado, no mesmo entendimento do ministro Mares Guia, considerou
“razoável” a proposta aprovada pela Câmara.

– Eu acho a recuperação da perda razoável, mas esta é uma decisão que vou tomar com os líderes e com a Casa -, afirmou.

O reajuste de 29,81% eleva o salário dos deputados e senadores de R$ 12.800 para R$ 16.512,09.