Marco Maia tenta negociar votação da Lei Geral para esta quarta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 11:37, por: cdb
Copa
O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) foi anunciado como novo líder do governo na Câmara

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), não colocou em votação a Lei da Copa na terça-feira para que o novo líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), tenha tempo de “tomar pé” dos projetos que estão na pauta de votação. Mas ele afirmou que vai negociar com os líderes partidários a possibilidade de votar nesta quarta-feira a Lei Geral da Copa (PL 2330/11).

Segundo Maia, é um tema importante e bastante conhecido, além de estar “mais acabado e pronto para votação”. Maia ainda conversará com Chinaglia para negociar as próximas votações.

O texto do relator Vicente Cândido (PT-SP) passou na última quarta-feira pela Comissão Especial e, no dia seguinte, o projeto teve pedido de urgência aprovado em Plenário.

Na ocasião, Cândido previu o embate em torno de questões como a liberação da venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo e a Copa das Confederações. “Parece que vai ser um debate caloroso aqui, já que a bancada evangélica está se articulando um pouco mais”, disse. Um destaque deverá fazer com que o artigo 29, que trata do tema, seja votado de forma nominal e em separado do resto do texto. Outros pontos que ainda dependem de acordo são a emissão de carteiras estudantis e o artigo que trata das transmissões televisivas.