Marcelo Ramos não quer ir para o Fla

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de janeiro de 2003 as 11:20, por: cdb

Cotado para jogar no Flamengo, envolvido numa possível troca com o volante Vampeta, o atacante Marcelo Ramos prefere mesmo permanecer no Cruzeiro em 2003, embora reconheça que há “muita gente que tem interesse na minha saída, algumas pessoas até de dentro do clube”.

“Estou tranqüilo e minha vontade é continuar no Cruzeiro. Se sentisse que não tem interesse da diretoria e da comissão técnica, poderia sair, mas esse não é o caso, e a possibilidade maior é de ficar”, observou Marcelo Ramos, que não está preocupado com a pressão para a sua saída.

“Vou chegar aos 30 anos com experiência suficiente e já sei lidar com isso. Sei que a maior parte da diretoria, dos conselheiros e da torcida quer que eu fique”, afirmou o atacante, acrescentando que tem proposta para deixar o Cruzeiro.

“Tenho chance de ir para o Japão, mas é mas fácil quando tiver os direitos federativos comigo, o que deve acontecer em junho ou julho”, disse Marcelo Ramos, que espera reunir-se com a diretoria para resolver logo sua situação.

O atacante está nos planos do Flamengo, ao lado do meia Jorge Wagner. Os dois seriam envolvidos numa troca com Vampeta. O Cruzeiro já fez uma proposta contratual ao volante, mas ainda aguarda uma resposta do procurador do jogador, Reinaldo Pitta. Entre os clubes não deverá haver problema.

Marcelo Ramos não coloca obstáculos em jogar pelo Flamengo, nem mesmo em trocar os salários em dia no Cruzeiro por atrasos no recebimento.

“Sei disso (atraso de salário) pela imprensa e por companheiros meus que já jogaram lá e falam que é um pouco complicado, mas não vejo só o Flamengo nessa situação. O Cruzeiro é um dos poucos que paga em dia, mas tudo tem um jeito”, acrescentou.