Marcelinho é atração contra o Timão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 16 de abril de 2003 as 10:17, por: cdb

No grande clássico do futebol brasileiro que vai ser disputado nesta quarta-feira, às 21h40min, em São Januário, entre Vasco e Corinthians as maiores atenções estarão voltadas para Marcelinho O meia, que foi ídolo da equipe paulista e agora conquista seu espaço no coração da torcida vascaína, promete uma grande atuação.

Marcelinho já fez três gols pelo Corinthians em jogos contra o Vasco pelo Brasileiro e é o maior artilheiro do time paulista neste confronto particular. Na classificação, o Timão esta com quatro pontos em três jogos, enquanto que a equipe de São Januário tem três pontos em igual número de partidas.

O técnico Antônio Lopes terá um desfalque para o jogo O zagueiro Alex, que já havia deixado o campo antes do fim nas partidas contra o Goiás e o Vitória, esta com uma contratura na panturrilha direita e foi vetado pelo departamento medico. Wescley será o substituto. Na lateral-esquerda, Ozéia deve estrear.

Em compensação, Lopes terá Marques de volta ao time titular. O jogador ficou no banco de reservas na derrota de 2 x 1 para o Vitória e só entrou na etapa final. Cadu, que também está machucado, sai da equipe. Mas a grande atração é Marcelinho, que enfrentará seu ex-time pela segunda vez.

“Não será um jogo especial. Vou encarar a partida como outra qualquer do Brasileiro. Não posso criar expectativa, senão não vou render. Pelo Santos aconteceu isso e perdemos por 2 a 0, dentro da Vila Belmiro. Agora creio numa partida muito disputada, com grandes lances e muitos gols”, disse Marcelinho, que jogou no Corinthians de 94 a 2001, saindo devido a um problema com o meia Ricardinho e o técnico Vanderlei Luxemburgo.

No Corinthians, que começou mal o Brasileiro, com uma derrota de 3 x 0 para o Atlético Mineiro em casa, a motivação é grande após a goleada de 6 x 1 sobre o Paysandu no último domingo. Mas as cobranças de falta de Marcelinho foram um dos assuntos principais.

O técnico Geninho não quer o time preocupado com isso. “Não vamos evitar faltas. Só não podemos cometer faltas bobas”, disse o treinador. Geninho, que não terá um desfalque sequer, ainda comentou a paradinha que Marcelinho faz antes de bater a falta: “O Marcelinho é esperto e arrumou um jeito de enganar a barreira.”

Embora jogue com três atacantes, Leandro, Liédson e Gil, o artilheiro da equipe paulista é o zagueiro Fábio Luciano, com três gols. A defesa do Vasco, que já sofreu dez gols em três jogos, terá então mais uma preocupação: as bolas altas na área.

VASCO x CORINTHIANS

Data: 16/4/2003 (quarta-feira)
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ) Horário: 21h40min
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Assistentes: André Veras (RS) e José Otávio Bittencourt (RS)

Vasco
Fábio, Russo, Wescley, Wellington Paulo e Ozéia; Henrique, Bruno Lazaroni, Marcelinho e Léo Lima; Souza e Marques.
Técnico: Antônio Lopes

Corinthians
Doni, Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Kléber; Fabinho, Fabrício e Jorge Wágner; Leandro, Liédson e Gil.
Técnico: Geninho