Marcelinho consegue ser liberado e deixa Arábia Saudita

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de dezembro de 2003 as 12:35, por: cdb

O advogado de Marcelinho, Marcos Motta, confirmou nesta sexta-feira que o meia recebeu a liberação do governo saudita para poder deixar o país do Oriente Médio e retornar ao Brasil.

Segundo Marcos Motta, em entrevista à rádio Jovem Pan, a liberação foi obtida após a intervenção da Fifa.

– Um colegiado da entidade se reuniu e determinou a liberação do atleta em 48 horas – disse Motta.

– Tínhamos pedido a intervenção do Celso Amorim (ministro das Relações Exteriores), mas a Fifa usou seu poder e fez valer seus estatutos para que o jogador fosse liberado em 48 horas – destacou o advogado.

Marcelinho foi contratado em agosto pelo Al Nasser. O ex-jogador do Corinthians, no entanto, após rescindir o contrato, teve o passaporte retido e foi impedido de deixar a Arábia Saudita.

Recentemente, o meia chegou a declarar que não recebeu um único salário.

– Fiz a minha parte, mas o clube não. Não recebi um único salário sequer nos quatro meses que estou aqui – disse.

Segundo Marcos Motta, Marcelinho embarca ainda nesta sexta-feira em um vôo para Paris (França). No sábado, ele viaja para o Brasil, chegando na manhã de domingo no aeroporto de Guarulhos (SP).