Mar fica menos agitado no Rio, mas ressaca só deve ir embora no meio da semana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de maio de 2011 as 12:35, por: cdb

Flávia Villela
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – A ressaca que atinge a costa do Rio de Janeiro só deve acabar no meio da semana, segundo o Centro de Hidrografia da Marinha. Ontem (29) ondas de mais de 3 metros de altura destruíram parte do calçadão da orla de Niterói, na região metropolitana do estado, e invadiram ruas das zonas sul e oeste da capital e de balneários da Região dos Lagos.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), deve continuar frio no Rio esta semana. O céu permanecerá aberto e não há previsão de chuva. A temperatura deve ficar entre 12 graus Celsius (°C) e 22°C até sexta-feira (3), quando o frio dará uma trégua.

Nesta segunda-feira, a intensidade da ressaca diminuiu, mas pela manhã funcionários da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) ainda trabalhavam para remover a areia que cobria trechos das pistas da Praia de Copacabana e do Leblon, na zona sul da capital. Segundo a empresa, somente ontem, foram retiradas 65 toneladas de areia que estavam no asfalto nos bairros de Copacabana, Ipanema e Leblon.

Em Copacabana, um posto de gasolina e quiosques que foram invadidos pelas água do mar ontem continuavam com areia e sujeira trazidas pelas ondas. A ressaca atingiu também parte da ciclovia da Praia da Barra, na zona oeste.

Um campeonato de surf que estava programado em Saquarema, na Região dos Lagos, teve que ser adiado. Em Maricá, também na Região dos Lagos, o mar invadiu a lagoa que recebe o nome da cidade, um fenômeno raro no local.

Edição: Juliana Andrade