Mano quer todos olhando os próprios erros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 18 de julho de 2011 as 11:05, por: cdb
Mano Menezes reclamou do estado do gramado na partida contra o Paraguai

O técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, reclamou do estado do gramado, mas ressaltou que ‘é bom olhar para dentro dos seus erros’ após eliminação do Brasil da Copa América pelos paraguaios, com os jogadores perdendo uma incrivel sequência de quatro pênaltis.

Mano Menezes garantiu que a seleção vai se reerguer e chegará firme à Copa do Mundo de 2014 no país.

– Tenho uma autocrítica muito firme, o Brasil não vai chegar em 2014 cambaleando, vai chegar firme –, disse Mano nesta segunda-feira, em entrevista coletiva no hotel da seleção brasileira, nos arredores de Buenos Aires.

 – E se eu sentir que em determinado momento não tenho condições de fazer o Brasil chegar firme, eu vou dizer isso ao presidente da Confederação (CBF). Podem ficar tranquilos quanto a isso –, acrescentou.

– Não é preciso fazer uma análise das quatro penalidades perdidas, a não ser ressaltar algo que era bem visível que era uma dificuldade na marca penal. Dois atletas nossos tiveram problemas com o pé de apoio. Eu já tinha reclamado no jogo anterior na primeira fase. Não sei se na outra área estava melhor, mas, quando você erra quatro penalidades, é bom olhar para dentro dos seus erros e esperar que os outros corrijam os seus –, disse o técnico.

Mas não há muito tempo para lamentar na eliminação da Copa América que veio na cobrança de pênaltis neste dia 17 de julho, o de 17 anos da conquista do tetracampeonato mundial nos Estados Unidos – também obtida em cobrança de pênaltis.

Por isso, o presidente Ricardo Teixeira fez questão de telefonar ao fim do jogo para o técnico Mano Menezes, para ressaltar que o projeto de renovação da Seleção Brasileira segue tendo em vista o objetivo principal: a Copa do Mundo de 2014.

Só que, ainda este ano, a começar pelo dia 10 de agosto, a Seleção Brasileira entra em campo novamente, para um amistoso contra a Alemanha, em Stuttgart. Depois, deverá haver mais seis jogos para serem disputados.

Lucas Leiva acha não merecia ser expulso, como o foi no jogo contra o Paraguai. O meio-campo sediz um jogador disciplinado, leal,incapaz de atingir o adversário de maneira maldosa, apesar de jogar em uma zona do campo em que o choque e a disputa ferrenha de bola acontecem a cada centímetro.

Ele vinha fazendo o que considera sua melhor partida na Copa América, se impondo com categoria no meio-campo, não permitindo ao lado de Ramires que os paraguaios fossem ao ataque, mas acabou expulso em um lance em que, ele garante, só teve a intenção de evitar uma briga.

– O cara chutou o Lúcio caído no chão e eu entrei para apartar, para não deixar que brigassem –, disse.

Lucas foi para o vestiário lamentando a expulsão. Voltou para o túnel que conduz à entrada do campo e acompanhou a cobrança de pênaltis pelo telão, ao lado dos roupeiros Barreto e Assis, do supervisor Guilherme Ribeiro e do fisioterapeuta Rosan. Viu Elano errar a primeira cobrança, e se animou com o paraguaio desperdiçando a sua cobrança. Mas quando Thiago Silva perdeu também, ele pareceu desanimar de vez.

– Não merecíamos sair assim da Copa América –, disse.

Apesar do empate sem gols no tempo regulamentar e na prorrogação e do nulo aproveitamento na disputa por pênaltis, o atacante Robinho aprovou a atuação do Brasil no duelo contra o Paraguai, pelas quartas de final da Copa América, em La Plata.

– Jogamos bem, tocamos bem a bola e fomos melhores do que eles. Infelizmente não fizemos os gols nas oportunidades que tivemos –, opinou o jogador.

– Estávamos numa crescente. Infelizmente saímos –, lamentou.

Depois de perder a vaga no time titular para Jadson e ficar fora do jogo contra o mesmo Paraguai, na segunda rodada da primeira fase, o atacante do Milan reconquistou a condição e começou jogando contra Equador, no último compromisso da fase de grupos, e Paraguai. Um dos destaques do time, ele lamentou a interrupção de sua boa fase pessoal.

– Era a minha melhor partida, eu estava jogando bem –, acrescentou.

Comments are closed.