Maninho morre fuzilado em emboscada no Rio de Janeiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de setembro de 2004 as 01:02, por: cdb

O bicheiro Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, de 42 anos, presidente do conselho fiscal da Acadêmicos do Salgueiro, foi assassinado na noite da última terça-feira com 12 tiros quando deixava a academia de ginástica “Body Planet”, na Estrada do Gabinal, na Freguesia, em Jacarepaguá. Ele acabara de deixar seu filho Waldomiro Paes Garcia Júnior, o Mirinho, de 15 anos, no local.

As primeiras informações davam conta de que o jovem estaria na garupa da moto e que teria sido atingido também, passando por cirurgia.

Os matadores de Maninho ocupavam um “Fiat Brava” verde, roubado ontem mesmo na Tijuca. O contraventor pilotava sua motocicleta, uma “Kawasaki Ninja” de mil cilindradas, quando sofreu a emboscada. Ele foi levado para o Hospital Cardoso Fontes, em Jacarepaguá. Maninho estava sem segurança no momento em que sofreu a emboscada.