Manifestção pela reforma Agrária reúne trabalhadores em Brasília

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de novembro de 2003 as 11:57, por: cdb

Cerca de 1.200 trabalhadores filiados a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) se reúnem, nesta manhã, em frente ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, na Esplanada dos Ministérios, numa manifestação pela Reforma Agrária no país. Daqui a pouco, uma comissão encabeçada pelo presidente da entidade, Manoel José dos Santos, será recebida em audiência pelo ministro Miguel Rosseto. Os trabalhadores querem discutir os encaminhamentos e as metas estipuladas pelo governo para a reforma.

Segundo o presidente da Contag, outro assunto que deverá ser discutido são os recursos para a reforma agrária previstos no Orçamento Geral da União para o ano que vem. Para Manoel José dos Santos, os R$ 1,1 bilhão previstos são insuficientes para assentar por ano 200 mil famílias de agricultores, como reivindica a Contag. Segundo o líder dos trabalhadores, esses recursos permitem apenas o assentamento de 25 mil famílias.

Os trabalhadores da Contag estão desde ontem acampados em frente ao Ministério da Fazenda. Amanhã, está prevista outra manifestação, desta feita do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que vêm marchando desde Goiânia. Da mesma forma, eles reivindicam a reforma agrária do país.